Música + Estilo + Comportamento

Search
Close this search box.

publicidade

Externa Club Brasília

‘Estúdio ao Vivo’ traz ‘Mamonas Assassinas – O Legado’

compartilhe

Após virar filme, o quinteto intérprete da história de Dinho, Júlio Rasec, Samuel Reoli, Bento Hinoto e Sérgio Reoli ganha turnê de shows pelo país.

Após o sucesso do filme biográfico, o legado dos “Mamonas Assassinas“, fenômeno musical dos anos 1990, ganha vida também nos palcos do país por meio da banda intérprete do longa-metragem. E com isso o programa “Estúdio ao Vivo” do mês de fevereiro apresenta “Mamonas Assassinas – O Legado” na próxima quarta-feira, dia 28, a partir das 16 horas. Conduzido por Román Laurito, Iara Oliveira e Renato Tortorelli, o programa tem produção do Showlivre. Além da transmissão via rádio para toda Rede Transamérica, é exibido também em tempo real pelo YouTube, no Canal Oficial da Transamérica na plataforma.

Mamonas Assassinas

Com Ruy Brissac (vocal), Beto Hinoto (guitarra), Nelson Bonfim (tecladista), Willian Falanque (bateria) e Lucas Theis (baixo), “O Legado” resgata hits da banda paulista da cidade de Guarulhos que conquistou os corações de todos com sua música irreverente e energia contagiante. Canções como “Sabão Cra-Cra”, “Vira-Vira”, “Pelados em Santos” e “Robocop Gay”, entre muitos outros hits que marcaram época, estarão presentes no programa.

Sobre o “Estúdio ao Vivo”

O “Estúdio ao Vivo” surgiu no final da década de 1980 com a apresentação de várias bandas do cenário pop e rock brasileiro que nasceram naquela época. Ganhou relevância nacional com a apresentação do “Estúdio ao Vivo” com Lisa Stansfield, em 25 de janeiro de 1990, inaugurando as transmissões via satélite da Rede Transamérica. O programa se tornou uma vitrine para bandas e artistas naquele momento com foco no áudio.

Além disso, foi um importante espaço para gravação de álbuns e especiais de inúmeros artistas nacionais e internacionais como por exemplo Paul Simon, Alanis Morissette, RPM, entre muitos outros. Grandes nomes como Rita Lee, Titãs, Seal, Lulu Santos, Legião Urbana, Faith no More, Os Paralamas do Sucesso, Roxette, Charlie Brown Jr., Ricky Martin, Mamonas Assassinas, Inner Circle, Capital Inicial, John Secada, Jota Quest, Skank e Anitta, entre muitos outros. São cerca de 1 mil registros nos acervos da rádio.

O “Estúdio ao Vivo” está presente no dial para toda a Rede Transamérica – que conta com 15 emissoras espalhadas pelo Brasil – e por streaming, no canal oficial no Youtube Transamérica FM, com transmissão no site da emissora e nos canais digitais do Showlivre.

publicidade