Rufus Du Sol, entrevista em São Paulo antes dos shows no Brasil !!

DJ SOUND

Rufus Du Sol, entrevista em São Paulo antes dos shows no Brasil !!

O trio australiano Rufus Du Sol (leia mais: https://www.djsound.com.br/?s=rufus+du+sol), criado na cidade de Sidney, em 2010, por Tyrone Lindqvist, Jon George e James Hunt (não é o falecido piloto de Fórmula 1 de mesmo nome), retorna ao Brasil pela segunda vez (após uma passagem quase despercebida no festival Lollapalooza Brasil de 2019, no palco Ônix).

Agora vêm numa grande fase, após ganharem o primeiro Grammy Awards (na terceira indicação da carreira), na categoria de “Melhor Dance Track de 2022” há poucas semanas atrás com o single “Alive”.

Eles são considerados por muitos o New Order do século XXI, invadindo os dials das rádios e dancefloors com remixes assinados por grandes DJs globais como Solomun, e até o brasileiro… Vintage Culture.

Rufus du Sol

Passados alguns anos retornam agora para tocar em São Paulo (14/05) e Rio de Janeiro (22/05), na primeira edição do MITA festival (https://www.djsound.com.br/?s=mita+festival+), nova cria do empresário Luiz Oscar Niemayer e da produtora 30br (www.instagram.com/30ebr), numa visão antenada de artistas, muitas vezes fora do radar das demais produtoras de eventos brasileiras. 

Em São Paulo ainda haverá uma after-party no Arca Spaces (www.instagram.com/arcaspaces), onde no lugar do esplêndido Live Act, fazem um DJ set de 3 horas, já com ingressos esgotados (que, de fato, também acabou por tirar um pouco da venda de ingressos do festival, mesmo com o artista se apresentando em formatos diferentes nos dois eventos no mesmo dia), felizardos os que poderão ver os dois com duas experiências audiovisuais de antemão espetaculares. 

Antes da primeira apresentação no MITA festival, o Rufus Du Sol, ou melhor, 1/3 do trio, o Jon George falou  conosco já em São Paulo e você confere o papo abaixo. 

Jon: Estou em São Paulo no momento e muito feliz de estar aqui. 

Você já vieram ao Brasil em 2019 no festival Lollapalooza, e gostaria de saber qual o sentimento de voltar, especialmente após um período de pandemia?

Já tivemos muitos momentos no Brasil e todos foram muito especiais, incluído ver os fãs no aeroporto, estamos muito felizes de voltar e mais ainda que temos uma semana extra para relaxar, aproveitar.

Todo mundo é tão gentil e somos muito sortudos de ter tantos fãs aqui, estamos muito ansiosos e acho que vai ser incrível.

Rufus du Sol

Como é o sentimento de ganhar um Grammy na sua carreira?

É muito especial, de verdade, já ganhamos duas nomeações dois anos atrás, e tentamos não colocar esperanças e ganhamos, foi um dia muito magico, com nossas namoradas, equipe e nos sentimos abençoados. Tivemos uma celebração com todos que fizeram isso possível acontecer.

Você tem uma coleção de discos?

Sim, verdade. Minha namorada e eu temos muitos no nosso espaço e daqui a pouco vamos ter que começar a esvaziar um pouco.

Vintage Culture é um ícone no Brasil, como vocês se encontraram, conte como isso aconteceu?

A última vez que estivemos aqui, ele pediu para nos conhecer e claro, somos muito sortudos que isso aconteceu e claro, sabemos que ele tem tocado por bastante tempo aqui no Brasil. E ele foi muito gentil, foi muito bom conhecer alguém considerado uma celebridade e tão genuíno quanto ele, ele investe muito em música, fizemos uma criação e espero que a gente consiga se encontrar mais vezes.

Fale um pouco sobre o remix do single “Next To Me”, feito pelo Vintage Culture.

O processo foi bem legal, nos acabamos de finalizar e gostamos bastante, é uma música de amor simples com alguns elementos como base, piano, quando fomos remixar, pedimos ao Lucas (aka Vintage Culture), pois ele é muito bom em fazer remixes simples e único, ele fez uma mágica peça de arte e somos muito sortudos de termos produzido juntos.

Ficamos muito felizes que deu tudo certo e claro, vocês juntos são muito talentosos, com certeza um orgulho para ambos os países.

Quais são as músicas mais importantes da sua carreira?

As músicas mais importantes para nós têm sido “Desert Night”, “You Were Right” e “Innerbloom”. Todas tem um significado muito forte. Me lembro que quando toquei “Innerbloom” pela primeira vez num show, antes de qualquer pessoa tivesse escutado, lembro de ter visto alguém chorar, numa audiência, todo mundo foi bem receptivo, mas de ter visto alguém chorar e ter tido tanta emoção por esta música, representa o que eu pensava da música e que há algo especial sobre ela. Somos bem sortudos de ter feito músicas especiais que tenham marcado pessoas e amo escutar em redes sociais.

As vezes as pessoas perguntam a história de “Innerbloom” ou o que representa e é alguém que tenha passado pela sua vida e se foi alguém que foi casado, tenha participado de uma jornada e tenha partido e tem ajudado a essas pessoas com suas perdas e ajudar nesse processo ou até mesmo celebrar esse momento da vida, eu me sinto muito sortudo de fazer parte desse processo para muitas pessoas.

Rufus du Sol

Para finalizar, qual seria a mensagem que vocês tem para seus fãs brasileiros?

Estamos esperando a muito tempo por vocês! (diz Jon em português)

Muito obrigado e estamos ansiosos para vê-los e passar mais tempo. No Brasil, tem uma cultura muito amorosa e gentil por aqui.

Site oficial:

https://www.rufusdusol.com/

Veja os vídeos do Rufus Du Sol:

1.Live Joshua Tree show completo:

2.Alive

3.Lollapalooza Brasil 2019 (Innerbloom)

4.Innerbloom

5.You Were Right

6.Desert Night 

7.Next To Me

8.Next To Me (Vintage Culture Remix)

by Gonçalo Vinha por Myrelle Moreira