Residente do D-EDGE, Tarter oferece evento gratuito para mentorar novos artistas da música eletrônica

DJ SOUND

Residente do D-EDGE, Tarter oferece evento gratuito para mentorar novos artistas da música eletrônica

Totalmente on-line, Semana da Mentoria começa no dia 26 de janeiro (terça) e mostrará caminhos para DJs e produtores entrarem ou se aprofundarem no music business

Provavelmente 10 entre 10 artistas que decidem seguir uma carreira sólida na música, sonham em atingir certos objetivos em comum, como receber grandes suportes, realizar tours mundo afora tocando em bons eventos e se destacar no seu estilo.

Mas, apesar do objetivo claro na cabeça, muitos não fazem a mínima ideia de como ou o que fazer para chegar lá.

Por isso, uma boa ajuda é sempre bem-vinda, ainda mais quando vem de uma pessoa como Tarter, residente da D-EDGE e primeiro artista a trazer para o Brasil o mixer MODEL 1, desenvolvido por Richie Hawtin.

Com o intuito de ajudar novos artistas a encontrarem esses caminhos, o catarinense vai compartilhar seus conhecimentos em um evento gratuito entre os dias 26 e 28 de janeiro, a Semana da Mentoria (clique aqui para se inscrever).

Destinado a artistas em diferentes estágios da carreira que querem ter uma abordagem mais profissional da sua profissão, o evento mostrará na prática como o mercado funciona.

“Nestes 12 anos de experiência no meio, analisei o mercado e artistas. E sei muitos pontos que são de suma importância para um artista crescer no meio, não cometer erros, e consequentemente não desanimar e desistir”, diz Tarter, que em 2020 abriu suas primeiras turmas de mentoria artística.

Se o mercado da música eletrônica no Brasil vivia o seu melhor momento antes da pandemia, com eventos por todo o país e cada vez mais DJs e produtores surgindo e se destacando não só aqui, como também fora, e o país virando parada obrigatória para os maiores nomes do cenário eletrônico mundial, a pandemia do novo coronavírus colocou uma nova variável nessa fórmula.

“Com a alta do dólar e as restrições de viagens internacionais, o mercado voltará os olhos para os artistas nacionais na retomada dos eventos.

As oportunidades aparecerão, mas quem quiser aproveitá-las precisa estar bem preparado e ter feito um planejamento certeiro”, explica o artista, que é residente do D-EDGE, faz parte do casting da agência do club, a D.Agency, e está à frente das gravadoras Urban Soul e Createch Records.

Tarter também foi o primeiro artista a trazer para o Brasil o mixer MODEL 1 da PLAYdifferently após suporte da lenda americana Richie Hawtin, que desenvolveu o equipamento.

Com esse prognóstico animador do futuro da cena, Tarter considera o momento ideal para uma mudança de atitude em relação à carreira para quem quer aproveitar o momento.

“Esse hiato do mercado por conta da pandemia pode ajudar a diminuir a distância entre quem já estava inserido na cena e quem deseja conquistar seu espaço.

Conheci diversos artistas muito talentosos que desistiram por não saberem o que o mercado esperava deles.

O que vou compartilhar nesse evento vai poupar anos de tentativas e erros para lançar suas músicas nas gravadoras que você sonha e ter suporte de grandes nomes, conseguir mais gigs, criar um bom networking e muitos outros ‘segredos’ do music business que todo profissional precisa saber”, revela.

A Semana da Mentoria acontece entre os dias 26 (terça) e 28 (quinta de janeiro, será totalmente on-line e gratuita. Clique neste link para se inscrever.

Tarter

Sobre Tarter

Aficcionado por tecnologia e criatividade, Tarter é um expoente da techno music nacional. Em 2015, conseguiu suporte massivo com a track “Hits And Misses”, inclusive do seu ídolo Richie Hawtin.

Isso abriu a possibilidade para que o artista catarinense fosse o primeiro a trazer para o Brasil o mixer MODEL 1 da PLAYdifferently, desenvolvido pelo DJ e produtor americano, elevando o nível da sua apresentação com um set híbrido.

Residente do D-EDGE e membro do casting da agência do club, a D-Agency, Tarter acumula apresentações em grandes palcos como o Warung Beach Club, Tribaltech Festival e Club Vibe, além de lançar tracks por labels como Patent Skillz, MiniHard e Prisma Techno.

Em 2017, fundou a gravadora Urban Soul, que já lançou grandes nomes do techno nacional, como Anderson Noise, Renato Ratier, Boghosian, Ariel Merisio e Albuquerque.

Com seu propósito de sempre ir além e fazer mais pela cena, comanda atualmente um projeto de mentoria on-line que auxilia no desenvolvimento artístico de diversos DJs e produtores brasileiros.

O projeto também deu origem à Createch Records, label idealizada por Tarter e sua noiva Nicole, visando dar espaço aos alunos da mentoria.