Jovem Produtor Musical e DJ – Leoh Cozza, em entrevista, fala também de sua nova Track “Underwater”

DJ SOUND

Jovem Produtor Musical e DJ – Leoh Cozza, em entrevista, fala também de sua nova Track “Underwater”

Leo Cozza, é um jovem produtor musical e DJ que começa a escrever o seu nome na cena de música eletrônica brasileira, um autêntico newcommer que representa uma nova geração em avanço. 

Soltando suas tracks pelo selo DJ Sound Music, na Universal Music, ele acaba de fazer o seu mais novo lançamento “Underwater”, numa collab com A Liga (www.instagram.com/aligaofficial)

A Liga

1.Fale um pouco do primeiro contato com a música no geral, e o contato com a música eletrônica? 

Leoh – Sempre quis me envolver com a música, a princípio, ser cantor mas como vi que não levava jeito pra isso, comecei a procurar outras formas, até que um dia vi um festival de música eletrônica passando na televisão, e ali foi amor a primeira vista! Comecei a procurar como tudo isso funcionava e hoje estou aqui!

2.De onde veio a idéia de focar na produção musical?

Leoh – Comecei a tocar, quando me despertou uma vontade de aprender a fazer música, ao invés de só tocar música dos outros, assim comecei a estudar e fazer minhas próprias músicas.

3.Qual a sua visão de um produtor musical num mercado cada vez mais competitivo como o do Brasil?

Leoh – Eu sempre falo que tem espaço pra todo mundo, um mercado unido é um mercado sólido, então acho incrível quando produtores se juntam e fazem músicas boas, juntos somos mais fortes!

4.Conte para nós sobre os primeiros singles, a diferença de estilos entre eles? Explica esse mix estilos que você fez nos primeiros trabalhos.

Leoh – Nos meus primeiros singles procurei algo mais pop, com vocal brasileiro, algo pra pista mas ao mesmo tempo pra galera ouvir em todo lugar, ainda busco isso, mas com uma pegada mais eletrônica ainda. Sou fã de vários estilos musicais e acredito que todos eles tem coisa pra agregar na música eletrônica, dai vem um mix que usei e uso nas minhas faixas.

5.Fale sobre o novo single “Underwater”, com a participação da A Liga? Como se deu a collab e como foi o processo de composição?

Leoh – Eu tinha um instrumental em mãos, com uma nova identidade, o Future Rave, quando apresentei pra um parceiro meu, na hora ele lembrou que A Liga estava procurando algo assim, apresentamos a ideia, eles curtiram e começamos a trabalhar na track, escrevi a letra com outros 2 compositores, A composição foi feita por mim e outros dois compositores. A Liga curtiu demais a letra, e assim nasce Underwater.

6.Como é o seu  processo de composição?

Leoh – Gosto de começar pelo instrumental, produzir, colocar as ideias ali na DAW, pra depois cantarolar uma melodia e compor, muitas vezes já tenho um tema na cabeça, uma mensagem pra aquela música. 

7.Qual foi seu maior desafios nas suas produções até agora? 

Leoh – Quando entro no estúdio a cabeça já começa a mil, querendo colocar tudo pra dentro do projeto, minha maior dificuldade é decidir qual ideia vai pra cada música.

8.Qual o set-up atual do seu estúdio?

Leoh – Sou endorser da Focusrite e Novation então tive um apoio muito grande deles, hoje estou com um kit completo da Focusrite, um launchpad, que agiliza demais nas produções e um par de Yamaha Hs7.

9.Qual a decisão mais importante na sua  vida para dedicarem-se a música de forma profissional?

Leoh – A música é o que realmente me move a cada dia, a decisão mais importante foi realmente transformar uma paixão em trabalho, me dedicar pra estudar e produzir.

10.A partir de que momento passou  a planejar sua carreira? Recorreu a algum profissional para lhe orientar?

Leoh – A partir do momento que decidi mostrar minhas músicas pro mundo, comecei a buscar pessoas que realmente acreditasse no meu trabalho pra estar comigo, me orientar e crescer junto.

11.Descobrindo os meandros da profissão o que lhes motivou, qual foi seu maior desafio de você até aqui individualmente? 

Leoh – O que mais me motiva é o carinho de cada pessoa que acredita em mim e no meu trabalho, pessoas pessoas que me acompanham, família e todos ao meu redor que querem meu bem. Meu maior desafio ainda, é colocar 100% das minhas ideias pro mundo e as vezes lidar com pessoas que não estão na música pelo amor a profissão. 

12.Qual foi o maior maior mindset no segmento até o momento para você?

Leoh – O Future Rave, foi um estilo que me conquistou desde a primeira vez que ouvi, reparei que tinha muita gente tocando e ouvindo e poucos produtores fazendo, peguei esse estilo e dei o meu toque, minha maior aposta até o momento. 

  1. Depois de tanto tempo na estrada você deve ter muitas histórias engraçadas e até casos não tão legais. Contem para nós um de cada desses momentos?

Leoh – Um momento que marcou foi em um show que eu estava fazendo, um dos efeitos especiais era um canhão de papel, quando estourou eu realmente não esperava por aquilo, tomei um susto que infelizmente a galera percebeu e aí já sabe, né? E perrengues tiveram vários, caixa de som já caiu no meio do show, cdj parando e por aí vai.

14.Qual é o lado mais bacana dessa profissão e o lado por vezes mais desagradável? Qual é a sua rotina?

Leoh – A melhor coisa é poder levar alegria e a música para as pessoas, e o lado mais desagradável é que alguns momentos, nós artistas não somos valorizados. Eu tenho uma rotina bem forte na música, na parte da manhã me dedico 100% aos estudos, sobre diversos assuntos dentro da área, o resto do dia divido pra produzir, planejar e produzir conteúdos.

15.Quais são os planos atuais?

Leoh – Estou totalmente focado no Future Rave, quero lançar as tracks, tocar esse estilo e deixá-lo cada vez mais forte na nossa cena.

 

16.Aonde quer estar nos próximos cinco anos?

Leoh – O que mais almejo é levar a mensagem para as pessoas, as mensagens das minhas músicas, então quero levar para o maior número possível de ouvintes e conquistar cada vez mais as pistas, quero estar com uma carreira mais sólida ainda.

17.Na sua visão quais são os maiores diferenciais do Leoh Cozza para o mercado de música?

Leoh – Eu sempre penso fora, vejo o que todos estão fazendo aí já penso, “esse não é o caminho que devo seguir”, pessoas fazendo a mesma coisa tem um monte, gosto de colocar minha identidade, criar algo novo, e não o que 95% do mercado está fazendo naquele momento.

18.Qual foi seu primeiro disco que você comprou? 

Leoh – Quando eu era criança não fui muito da época dos discos, já era o mp3, um dispositivo que só conectava o fone, lembro que a primeira música que coloquei lá foi um “MEGAMASHUP David Guetta”.

 

19.Qual foi a primeira música que te impactou de fato?

Leoh – “The Nights” do Avicii, essa música pra mim tem uma mensagem muito marcante.

20.Tem algum hobby fora música?

Leoh – Claro, sou muito fã de videogame e esportes, e quando falo esportes, é no geral.

21.Um sonho já realizado na música?

Leoh – Lançar pela Universal Music. 

22.Um sonho a ser realizado na música?

Leoh – Tocar em grandes festivais e levar minha música para o maior número de pessoas possível. 

Leoh Cozza no Spotify:

 

Redes sociais oficiais do  Leoh Cozza:

Facebook: https://www.facebook.com/leohcozza

Instagram: https://www.instagram.com/leohcozza/

Twitter: https://twitter.com/leohcozza?t=LRMusuHoHze3LS5-zzfAjg&s=09

YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCC5KR7L_2HaVjXBWIxztGgQ

SoundCloud: