CandyBox celebra 10 anos de Sucesso! A 1ª festa LGBTQI+ na Sapucaí

DJ SOUND

CandyBox celebra 10 anos de Sucesso! A 1ª festa LGBTQI+ na Sapucaí

Festa CandyBox comemora 10 anos na Sapucaí Rio de Janeio – RJ!

Dia 21 de Fevereiro de 2020 !

Com o show do Candybloco!

Tema de 2020: Motivo de ORGULHO!

Já é tradição!

No primeiro dia de desfiles na Marquês de Sapucaí, na sexta-feira com as escolas da Série A, a avenida ganha cores, purpurinas e diversidade.

Comemorando 10 anos de história, o CandyBox, camarote LGBTQI que é sucesso no Carnaval carioca, abre o espaço que nos outros dias ganha folhas e animais no Folia Tropical.

Porém, este ano, a festa será ainda mais especial.

Em 2018, o CandyBox ultrapassou as fronteiras da Sapucaí e virou bloco, fez edições lotadas no Rio e São Paulo com o o CandyBloco, que se transformou na maior novidade do Carnaval e em 2020 estará presente com o seu show comandado pelo Beni Falcone.

Foi em um estalo publicitário que a nova ideia surgiu.

Segundo Guilherme Barros, outro nome importante nos bastidores do Folia e do CandyBox, esse desdobramento do camarote tinha que ser interessante e que motivasse o público gay. Até que uma lacuna foi preenchida.

Com milhares de blocos pelas ruas do Rio de Janeiro, Guilherme Barros e os sócios do CandyBloco foram os responsáveis por lançar o primeiro encontro LGBT do Carnaval de rua carioca.

“Eu achava que a Banda de Ipanema era um bloco gay, mas há duas semanas descobri que isso nunca existiu.

Então, eu quis fazer uma versão gay nas ruas.

No Rio, não existia nenhum bloco LGBT para as pessoas irem montadas e foi atrás desse público que eu quis investir”, contou Mickael Noah.

“São 10 anos de história, 10 anos de muito trabalho, 10 anos de muito orgulho! Por isso vamos celebrar esta edição com este tema:

Motivo de ORGULHO!

Por ser o primeiro projeto LGBTQI+ na avenida, motivo de orgulho porque somos gays além de ser um símbolo de resistência com todo e qualquer tipo de preconceito”.

Comemoram os donos do projeto Guilherme Barros, Marcela Souza e Mickael Noah.

Para Beni Falcone, que é a voz da banda, o CandyBloco é uma celebração de quem somos e das diversas possibilidades de sermos.

É um movimento de amor, de afirmação e, em tempos esquisitos, de resistência.

Para sair do clássico, Bernardo Falcone apostou em uma trilha sonora lotada de divas do Pop, algo óbvio quando o assunto é a cultura LGBT por muitas das cantoras levantarem a bandeira e se tornarem ícones da causa.

“Começamos um trabalho de pesquisa para ver quais divas não poderiam ficar de fora, assim como as músicas clássicas que também não poderiam faltar.

Foram selecionadas tanto divas nacionais e internacionais.

A questão eram achar mulheres que possuem um impacto muito forte na indústria musical e na vida da comunidade LGBT”, explicou Falcone.

O resultado final foram nomes como Rihanna, Madonna, Beyoncé, Britney Spears, Whitney Houston, Anitta, Ivete Sangalo e Pabllo Vittar e até a dupla Sandy e Junior.

Serviço:

Data: 21 de Fevereiro

Horário: 21h

Valor: Entre R$850,00 e R$1.200,00

Classificação: 18 anos

Incluso:

Camiseta Exclusiva

Show Candybloco e DJs – Saraiva (Esbórnia),Silvio M (Arca de Noé),Bruna Strait (residente) e The Blackhauscrew.

Desfile Das Escolas De Samba

Open Bar Premium:// Vodka // Gin // Uísque // Cerveja Energético // Água // Refrigerante.