Video mapping e projeções fulldome são destaques do projeto “Arte Palavra Alimento”

DJ SOUND

Video mapping e projeções fulldome são destaques do projeto “Arte Palavra Alimento”

Com performances ao vivo, VJs criam cinema imersivo para abordar a importância dos alimentos em nossa vida; primeira etapa do evento acontece entre os dias 31 de outubro e 13 de novembro, no Instituto Biológico de São Paulo.

Entre os dias 31/10 e 13/11/2016, São Paulo recebe o projeto “Arte Palavra Alimento”, que promete aguçar os sentidos dos visitantes com estímulos visuais de última geração.

Na ocasião, os mais renomados VJs especialistas em produções audiovisuais com projeções de vídeo 360°, VJ Spetto, VJ Zaz e VJ Ortega, farão apresentações ao vivo em três domos para contar de maneira inédita a evolução da relação entre os seres humanos e a obtenção e produção de alimentos.

VJ Spetto

Top, VJ Spetto

As projeções serão realizadas na sede do Instituto Biológico (IB-APTA) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, na Vila Mariana, São Paulo.

A visitação é gratuita e o patrocínio é da empresa Syngenta. A realização é da produtora cultural Incentivar, empresa do Grupo Komedi, por meio de Lei Federal de Incentivo à Cultura.

O Instituto Biológico é um dos apoiadores do projeto.

Para conferir esse VJ Set exclusivo, os visitantes percorrem um caminho formado por três grandes domos geodésicos (cúpulas de até 8 metros de diâmetro especialmente concebidas para projeções de vídeos a 360°).

“A escolha pela realização das performances em domos é para promover a imersão do visitante no assunto. Numa tela fulldome, o espectador está literalmente dentro da projeção. Então tudo muda; o jeito de pensar o roteiro, a ação e a técnica de produção.

O timing também é outro, pois uma informação que cruza o domo deve respeitar o tempo de observação, não dá para fazer tudo tão rápido, pois não há tempo hábil para acompanhar a informação trafegando no espaço.

Temos que respeitar o espaço.

É uma evolução na comunicação, nesse caso, utilizada como forma de ensino. Respeitamos a forma para expressar melhor o conteúdo”, explica VJ Spetto.

O objetivo do projeto é fazer com que o público se sinta parte da história, demonstrando como a necessidade de alimento contribuiu para a mudança no modo de vida dos grupos humanos e, atualmente, movimenta diversas cadeias produtivas da economia até chegar às mesas.

O conteúdo das projeções destaca a presença dos principais alimentos consumidos pelo homem desde 5 mil anos A.C. até os dias atuais, além de abordar questões importantes como segurança alimentar e desperdício.

De acordo com Antonio Batista Filho, diretor-geral do Instituto Biológico, esta é uma oportunidade para as pessoas também conhecerem melhor o trabalho realizado pelo instituto de pesquisa paulista e seus espaços de transferência do conhecimento.

“Além das projeções, o público poderá conhecer o cafezal urbano e as pesquisas e prestações de serviços realizadas pelo Instituto Biológico nas áreas de sanidade animal e vegetal.

Também será possível visitar a exposição Planeta Inseto”, afirma.

As visitas no Planeta Inseto são realizadas de terça a domingo, das 9h às 16h.

Nas projeções você encontrará:

DOMO 1 (6 metros): Projeção mapeada intitulada “Palavra, som da vida”.
DOMO 2 (8 metros): Projeção fulldome intitulada “O alimento e o tempo”.
DOMO 3 (8 metros): Projeção fulldome intitulada “Nós e o amanhã”.

Serviço:
“Arte Palavra Alimento”
Uma viagem no tempo em fulldome
Data: 31/10 a 13/11/2016
Local: Instituto Biológico de São Paulo
Endereço: Avenida Conselheiro Rodrigues Alves, 1252 – Vila Mariana – São Paulo/SP – CEP: 04014-002
Classificação etária: livre
ENTRADA GRATUITA

FICHA TÉCNICA
Realização: Incentivar
Produção executiva: Leonardo Scopin e Thais Milagres
Patrocínio: Syngenta
Direção artística, produção e execução: United VJs
Roteiros: Thais Milagres
Apoio: Instituto Biológico de São Paulo, Grupo Komedi e Ministério da Cultura.
Projeto realizado através da Lei Federal de Incentivo à Cultura

Print Friendly, PDF & Email

Comente