ULTRA Brasil Rio 2017 – os destaques “Main Stage”, “Resistance” e “UMF Radio” – Day 3

DJ SOUND

ULTRA Brasil Rio 2017 – os destaques “Main Stage”, “Resistance” e “UMF Radio” – Day 3

O terceiro dia de ULTRA MUSIC FESTIVAL (UMF)Ultra Brasil Rio 2017 – reuniu, sem dúvidas, o maior público dessa edição e ao longo dos dias do festival.

Por se tratar de um sábado e com a cidade lotada pela quantidade de turistas que aproveitaram o feriado estendido, o ultimo dia – 14 OUT do ULTRA Brasil Rio 2017,  foi a melhor opção de encontro e diversão do sábado no Rio de Janeiro.

flagrante público Ultra Brasil Rio 2017

Atrações que cumpriram fielmente o que foi acordado nos horários previstos do line na page do evento no Facebook, suporte com rapidez de acesso no check in da entrada do público ao evento e os três “Stages” funcionando a todo vapor.

dose dupla flagrante público Ultra Brasil Rio 2017

Nem a chuva fina que caiu durante o decorrer da noite foi capaz de espantar um público que adentrava a todo momento no evento.

Não chegou ao nosso conhecimento relatos de condutas como brigas ou situações que pudessem desabonar ou embaçar a imagem da festa.

O policiamento ao redor das Marques de Sapucaí junto com a Guarda Municipal atuando, fizeram a segurança externa do evento, principalmente.

Do lado de dentro, um forte esquema de segurança foi montado para dar apoio em conjunto com os órgãos do Governo, que monitorou e garantindo a ordem nas imediações durante os três dias.

Leo Cruz

A abertura dos trabalhos do Ultra Main Stage ficou por conta do carioca Léo Cruz.

DJ Léo Cruz que se apresenta regularmente em label parties na capital do Rio de Janeiro, fez um set mesclando Deep House, Low BPM, Brazilian Bass, entre outras produções e remix de DJs nacionais.

Tracks, por exemplo, como, Wild KidzVintage Culture e o remix de Ghost “n” Stuff (DeadMau5) do DJ Rivas BR,  fizeram parte do set inaugural do dia,  que deu as boas vindas aos frequentadores do evento no horário.

Vinne

Vinne, entrou em seguida!

Começando o set no horário previsto em sem alterações, qualquer.

O DJ Vinne e produtor brasiliense, que é responsável por uma das tracks mais tocadas das  Dance Floor do país (“Rock U”) fez um set que “passeou” entre elementos e grooves acentuados do Low BPM.

Tracks como “Bring it Back”, “Earthquake” fizeram o momento e cabeça da galera que assistiram o set do DJ Vinne.

Que teve até Prog Trance com execução da track  “Great Spirit” – by Armin Van Burem e Vini Vici.

Vinne é, comprovadamente, o DJ brasileiro mais novo a se apresentar no Ultra Brasil Rio 2017.

Já era de se esperar que o B2B (back 2 back) entre os veteranos Rodrigo Vieira  e Meme seria uma das apresentações que surpreenderiam no sábado.

Os veteranos da House Music subiram ao palco pontualmente no horário e protagonizaram um set, que pode ser chamado de, House Music na sua essência e com elementos verdadeiros da “Chicago House Music”.

Fazendo um musical digno de quem só viveu ou respirou a concepção numa das melhores épocas do seguimento.

O público que interagiu com a idéia exposta pelos DJs no set, dançou ao som várias tracks de ótimo bom gosto musical.

Entre elas os remixes de” Shes Drive Me Crazy”, “Eu Vou Torcer” de Fernanda Abreu e do mega clássico “Enjoy the Silence” by Depeche Mode.

Pontuando a apresentação que ficou com um gosto de quero mais pelo público, em uma verdadeira aula musical orquestrada para todos os presentes, ao mesmo tempo em que caía o pôr do sol na Apoteose.

Diego Miranda

O DJ português Diego Miranda que já esteve no Brasil em algumas outras ocasiões, fez uma construção musical que envolveu, basicamente, o Trap, EDM, Bass House , e a House Music, logicamente.

Inaugurando a sessão musical considerada mais “pesada” do dia.

DJ Diego Miranda que é premiado pela MTV como o principal DJ de Portugal no ano de 2011, tocou tracks de artistas que já fizeram história pelo Ultra Music Festival – UMF e não estavam presentes no line dessa edição no Brasil.

Diego Miranda, durante quase todo o play do seu set, agitou o público a todo momento e interagindo com o microfone.

Wander X. nos bastidores com o Produtor Holandês Sander van Doorn

DJ e produtor holandês Sander van Doorn desenvolveu um set que envolveu elementos do Trance, Electro, Techno e House.

Diferenciando a proposta que o evento tem a primeiro momento como atrações no Main Stage.

DJ Sander van Doorn do conjunto dos países baixo da europa,  possui uma série de sets muito acessadas no seu canal no Soundcloud denominado IDENTIDY,  tocou músicas como “Joeynergizer” e “The Rhythm” de sua autoria que saíram pelo selo da Spinnin Records (no Brasil, Warner Music) nesse ano, entre várias outras tracks.

Fazendo assim, uma apresentação diferenciada e centrada no som mais elitista europeu.

Steve Angello no Main Stage do UMF Brasil Rio 2017

A ultima vez em que Steve Angello compareceu por terras brasileiras – mais precisamente no Rio de Janeiro – foi na tour ‘The Boss Is Back” em Novembro de 2016.

Tour, essa, que leva o nome carinhosamente dado pelos seguidores do THE BOSS.

O ex-integrante do Swedish House Máfia, chegou um pouco antes do horário da apresentação prevista no evento, para ver como estava o clima carioca da festa e ainda atendeu um número reduzido de pessoas no backstage.

DJ Steve Angello que encantou a todos com mais uma apresentação na cidade, fez mais um set daqueles que são dignos da verdadeira arte do DJ. Com um musical que envolveu House, Progressive e Electro, o ex-integrante do Swedish House Máfia tocou tracks com Knass, o seu remix de Sweet Dreans (Are Made Of This), um remix de Hey Boy Hey Girls, Save The World, Pendulum – The Island, Show Me Love – Robin S. com Mash Up ao vivo com a track do DJ Eric Prydz de “Opus”, além de uma das suas mais recentes produções Children Of The Wild  (álbum Wild Youth ) o eterno “hit” do trio de DJs ao qual ele fazia parte Don’t You Worry Child e a música do artista de Funk N Rio de Mc Livinho, que deixou algumas pessoas sem entender a mensagem, e outras alimentadas pela vibe alegre, que o momento proporcionou.

Steve Angello e Wander X.

Steve Angello e Ricky Rocha

Terminado o set de Steve Angello, logo em seguida foi a vez de Above & Beyond entrar em cena, para mais uma apresentação no Ultra Brasil Rio 2017.

Above & Beyond

O projeto que é formado pelos ingleses Paavo SiljamäkiTony McGuinness (presentes na cabine para o set) e Jono Grant (Above & Beyond) foi recebido com tom acalorado e muitíssimo ovacionado por todos presentes, após o público perceber que anúncio da logomarca no painel de Led do Ultra Main Stage dizia-se a respeito deles.

Above & Beyond

O duo que tocou tracks de álbuns muito conhecidos de sua carreira – como por exemplo –  “Group Therapy”, “We Are All We Need” entre algumas outras inéditas, fez uma apresentação que deixou o público praticamente em “transe” ou concentrado demais no set deles com o seu “Progressive Sound”.

Foi bem perceptível a alegria da atmosfera que Paavo Siljamäki e Tony McGuinness conseguiram transmitir e passaram durante o decorrer da apresentação.

Paavo Siljamäki, Ricky Rocha e Tony McGuinness (com Above Beyond)

Tracks como o remix de “Delirium” – “Silence” Sarah Mc Lachlan, “Shout” – Tears for Fears e “Sun In Your Eyes” fizeram a vibe da galera e a energia ficar lá em cima.

David Guetta

O francês David Guetta que parece que já vem ao Rio de Janeiro com a sensação de que irá se divertir e muito durante as suas apresentações, acertou mais uma vez na dose.

DJ David Guetta que começou a sua apresentação com o remix da track “Mi Gente” de J Balvin, acenava para a galera com o seu famoso “Are You Ready” no microfone e convidando todos para a pista de dança.

Deixando o público em estado máximo de atenção, enquanto a galera localizada em outros Stages do festival migravam rapidamente para o Main Stage do evento para assisti-lo.

David Guetta, mais uma vez no Brasil e em êxtase total!

Com um set praticamente 100% autoral, tocou tracks do seu mais recente álbum Listen Again.

Além das clássicas “When Love Takes Over”, “Titanium”, “Love is Gone”, “Sexy Beat’, “Love Don’t Let Me Go” e “I Got A Feeling”, relembrando fases importantes que marcaram a sua carreira.

Tracks como “Bad”, “Shot Me Down” e “Tremor” by Dimitri Vegas e Like Mike que soam como hinos nos maiores festivais de música eletrônica, fizeram parte do set, também.

Fazendo assim uma apresentação memorável no evento e encerrando o ultimo dia da edição do Ultra Brasil Rio 2017.

No geral, mais uma excelente apresentação do artista e digna de um bis.

UMF Radio

O palco UMF Radio funcionou mais um dia sem nenhum problema quanto a sonorização, estruturas e atrações.

Em um bate papo com os técnicos responsáveis pelo palco UMF Radio e curadoria do Stage, podemos notar que a preocupação maior com os frequentadores e com o agrado que o ambiente pudesse proporcionar ao longo dos dias do festival.

UMF Radio ficou estrategicamente localizado atras da arquibancada para que o som do Main Stage não pudesse atrapalhar e nem o som do UMF Radio chegasse ao Resistance, para dificultar a apresentação ou concentração dos artistas durante os sets.

Artistas como SKAZI, SUB6, PARANORMAL ATTACK e o lendário DJ FEIO da XXXPerience (aka Luiz Salla) entre outros, fizeram apresentações que alegraram o público do movimento “Rave”.

Com DJs que tocaram do Trance, Prog ao Psy.

Palco – Resistance

Palco Resistance encantou o público mais uma vez nessa edição do ULTRA Brasil Rio 2017 e assim como foi na edição histórica do ano passado.

Dessa vez a estrutura em formato de um Club totalmente Underground, com iluminação que ditava o ambiente de maneira bem “Dark”, recebeu nomes de peso do cenário mundial além de DJs brasileiros, para fazer a alegria da galera e abrilhantar mais o Palco Resistance.

No lembrete a apresentação do papa britânico Carl Corx, que fechou o ultimo dia da edição passada em 2016.

No sábado, 14 out, se apresentaram os DJs RICHIE HAWTIN, JOSEPH CAPRIATI, THE MARTINES BROTHERS, RENATO RATIER, o B2B maneiríssimo entre os DJs LEO JANEIRO e ELI IWASA, FLOW & ZEO sempre muito gentis e envolventes com seus sets, e também, o DJ FERNANDO de SÁ.

Richie Hawtin

O evento que contou com o suporte da sonorização e iluminação da GABISOM, contou com uma equipe técnica, responsável e muito tradicional no mercado nacional.

Além dos VJs oficiais da marca UMF – Ultra Music Festival que deram um toque especial nas apresentações dos artistas.

A equipe técnica de painéis de LED capitaneada por Anderson Gugu e os profissionais Eder, Wesley e João ficaram responsáveis em encarar o Main Stage do festival.

equipe painéis de LED “Main Stage” UMF

Desenvolvendo um trabalho técnico competente aliado a experiência em vários trabalhos já realizados em outros festivais.

Alan Pinheiro – UMF “Main Stage”, com alguns “click maniacs”!

Mark Ursa nos bastidores UMF Ultra Brasil Rio 2017

WAO & Diego Miranda, nos bastidores

“Ultranets” perfomances do ULTRA Brasil Rio 2017

E até 2018, assim confirmado na fã page do Festival – UMF – Ultra Music Festival 2018 no Brasil e pela Programação Rio de Janeiro a Janeiro, anunciado no Rock In Rio 2017.

by pics e report by Wander X

Aqui confira flagrantes e bastidores do Day 3 – 14 OUT no ULTRA Brasil Rio 2017 :

Andreller

Eli Iwasa e Flow & Zeo

Mauricio Soares Dir. Plusnetwork em entrevista para ULTRA TV

DJ Produtor Leo Janeiro

DJs Produtores Musicais – Meme e Renato Ratier D Edge Warung

 

DJ Produtor nos bastidores – Rod B.

Rod B e Richie Hawtin

Renato Ratier e Richie Hawtin

DJ Leo Cruz e Produtor de Eventos Ruy Costa e seus “lovers” no Ultra Brasil Rio 2017

André Luiz Andreller, Raphael Assad & “love” com César Gelli

tem flagrantes com Marcus Ponte Moura, Mauzz, Roger Lyra… no Ultra Brasil Rio 2017

David Guetta e Marcos Daudt nos bastidores

pics by André Luiz Andreller e DSalles

Print Friendly, PDF & Email

Comente