Titãs e Alok se unem para nova versão de Epitáfio

DJ SOUND

Titãs e Alok se unem para nova versão de Epitáfio

Está disponível hoje, dia 28 de dezembro, em todas as plataformas digitais, uma nova versão remix de “Epitáfio”, um dos maiores hits dos Titãs, feita por Alok.

Com uma bela mensagem para reflexão neste final de ano, a música foi gravada com a participação dos Titãs, especialmente para um quadro do programa Caldeirão do Huck, especial de final de ano, que vai ao ar amanhã, dia 29.

Todos os direitos, tanto artísticos quanto autorais serão doados para a ONG Instituto Anelo, que trabalha a cidadania através da música.

“Foi incrível ter participado de um projeto como esse.

Ainda mais sabendo que é em prol de uma causa tão nobre”, conta Sergio Britto.

“Foi um encontro instigante, divertido e mostrou mais uma vez que a música não tem limites”, completa Branco Mello.

Tony Belloto falou sobre o encontro:

“Unir a tradição titânica à modernidade do Alok, sob a sensibilidade do Luciano (Huck), em prol do talento e da generosidade do Luccas e do pessoal da Anelo, num projeto divertido e criativo, comprova mais uma vez que só a educação pode transformar o Brasil”, reflete o guitarrista.

Luccas Soares é o criador da Anelo e ensina música para as crianças da comunidade onde nasceu.

“Titãs foi sempre uma referência musical tanto pra mim quanto para os meus pais e trabalhar em algo com eles certamente faz parte da realização de um sonho que vivo agora.

A singularidade de “Epitáfio” torna o sentimento envolvido ainda mais forte, uma música atemporal, repleta de nostalgia e poesia enraizada na vida de todo brasileiro.

E nada poderia ser tão bom em prol de uma boa causa que esse combo de competência, profissionalismo e talento em união!

Agradeço ao Luciano por proporcionar isso e a atenção e receptividade de todos os integrantes do grupo.

Muito, muito obrigado por me proporcionarem tamanha satisfação e realização profissional e pessoal gerando um impacto direto num projeto social tão bonito!, completa Alok.

A gravação, feita no estúdio Mosh, em São Paulo, teve produção musical de Alok, Bhaskar e Adriano Machado.

Print Friendly, PDF & Email

Comente