Novo selo Austro Music dedicado a Música Eletrônica com Som Livre

DJ SOUND

Novo selo Austro Music dedicado a Música Eletrônica com Som Livre

Vem da natureza e da mitologia grega o conceito do novo selo da Som Livre.

Vento responsável pelo sul, Austro carrega a energia, o ritmo e as referências de onde passa para seu próximo destino.

As nuvens causadas por ele estão sempre cheias de vibrações que, quando se esbarram, criam batidas constantes, originais e marcantes.

A chegada do Austro Music, dia 27 de setembro, tem como objetivo fortalecer a cena da música eletrônica brasileira, estilo musical que cresce a cada dia internacionalmente, adaptando à realidade do país o modelo de negócios já usado na Europa e nos EUA.

O selo contempla diversos estilos musicais dentro da música eletrônica e já nasce com Elekfantz, WAO, Naza Brothers e D.I.B. em seu cast, ainda trazendo Gui Boratto como um colaborador.

“O gênero é um dos mais promissores do mundo, tendo crescido exponencialmente em relevância nos últimos anos. Aqui ainda há muito a ser explorado.

A Som Livre entende o mercado brasileiro e a ideia é valorizar artistas e produções nacionais deste segmento, além de trazer de fora o que há de melhor.

Criamos um núcleo totalmente focado nisso e selecionamos pessoas que entendem do assunto para conduzir este selo”, conta Renê Jr., gerente de A&R do Austro Music.

Com consultoria de Leo Janeiro, DJ, produtor e um dos nomes mais respeitados do cenário eletrônico, Austro vai atuar em três frentes: casting, com a contratação de artistas de representatividade do meio; licenciamento de conteúdo nacional e internacional; e eventos, por meio de parceria com empresas que são referência para curadoria e negócios.

“O lançamento do selo vai colaborar de diversas formas para o fomento da música eletrônica no país.

A ideia é revolucionar e organizar o mercado nacional, além de mostrar a música eletrônica para a grande massa”, explica Leo Janeiro, que tem participação na formatação do Austro, no contato com grandes parceiros e na aproximação com artistas.

A empresa pretende triplicar o número de artistas até o final de 2017, focando em artistas multidisciplinares e apostando em novos talentos, ao atuar como um portal de possibilidades para pequenos artistas e produtores.

O primeiro deles é D.I.B, DJ e produtor de 16 anos que é uma das grandes apostas da cena eletrônica nacional e que vem chamando a atenção também fora do país.

“Queremos artistas que falem para vários, que tenham uma visão mais ampla da musica eletrônica. Artistas que produzam, que gerem conteúdo.

Teremos nomes que já são referência neste meio, mas também vamos buscar gente que produz música de qualidade em casa, por exemplo”, afirma Renê.

Além de música eletrônica de qualidade, o Austro carrega em sua marca um estilo de vida que mescla a noite ao ambiente urbano e à natureza.

Para transmitir esta mensagem através da sua marca, o selo fechou uma parceria com o Bicicleta Sem Freio, formado por uma dupla de ilustradores brasileiros, que preparou a identidade visual do lançamento.

SOBRE OS ARTISTAS

Gui Boratto, duo Elekfantz, WAO e D.I.B 

Gui Boratto
Famoso internacionalmente, o arquiteto, músico e produtor paulista Gui Boratto é um dos grandes nomes da música eletrônica no país. No início dos anos 90, começou a trabalhar como produtor, engenheiro de áudio e multi-instrumentista.

Após incontáveis licenças de grandes marcas internacionais, passou a se dedicar à própria música em 2005.

Seu primeiro álbum, “Chromophobia”, foi lançado em 2007 por um selo alemão, que também foi responsável pelo lançamento de seus outros três álbuns.

Atualmente, faz turnês por todo o mundo.

austro_music_2

Elekfantz
O duo Elekfantz, formado por Daniel Kuhnen e Leo Piovezani, nasceu em 2011.

Os amigos tocaram juntos em uma banda de blues no início dos anos 90, quando se conheceram, e hoje rodam o mundo com seu som Indie Dance.

Leo, músico desde os 15 anos, é cantor, compositor e baterista profissional.

Já Daniel cresceu no templo da música eletrônica na América do Sul, o clube Warung.

A dupla é responsável por sucessos como “Diggin’ On You” e “She Knows”, que estão no álbum “Dark Tales & Love Songs”.

No Rio Conference Music de 2014, recebeu prêmio de Melhor Performance Ao Vivo e “Best Track”.

WAO
Victor Costa, mais conhecido como WAO, é um jovem DJ e produtor que, em pouquíssimo tempo, acumulou grandes experiências no mercado internacional.

Além de lançar música nas maiores gravadoras do gênero como Revelead e Spinnin`, ele também foi responsável pelos remixes oficiais de ícones da música mundial, como Snoop Dogg e Shakira.

Atualmente, suas faixas também estão sendo tocadas por grandes DJs da cena mundial, como Martin Garrix, David Guetta, Hardwell, Dimitri Vegas & Like Mike e vários outros.

Em 2015, após passar por Portugual, Suécia, Russia e Porto Rico, WAO se tornou residente em uma das maiores festas de tintas do mundo: Life in Color Festival by SFX, na Privilege Ibiza.

NAZA Brothers
Com uma proposta inovadora, os Naza Brothers conquistaram uma legião de seguidores nestes quase cinco anos com seu projeto.

Dois DJs já conhecidos da noite carioca, os irmãos Rafael e Renato Nazareth tornam a cabine uma extensão da sua casa e não se limitam a um back 2 back entre dois DJs.

Embalando o público com o melhor da EDM (Electronic Dance Music) nacional, os irmãos transformam os ambientes por onde passam.

Em 2013, ganharam o prêmio DJ Revelação do Brasil e, em 2014, o prêmio de Melhores DJs do Rio de Janeiro pela DJ Sound.

D.I.B
Natural de Porto Alegre, o DJ e produtor D.I.B começou a produzir aos 13 anos.

Em 2015, a sua música ‘Death Pit’ chamou a atenção de grandes artistas: o duo Blasterjaxx tocou a faixa na Tomorrowland Bélgica e o DJ e produtor Deorro pessoalmente lhe pediu para lançar a música na Panda Funk, sua gravadora.

Com apenas 16 anos, D.I.B conta ainda com suporte de outros grandes artistas em suas músicas, sendo um dos nomes mais promissores da cena atualmente.

Print Friendly

Comente