Festival Electric Gardens na Austrália

DJ SOUND

Festival Electric Gardens na Austrália

Sydney na Austrália irradia euforia no verão.

Sydney vive seu auge em janeiro, com inúmeras opções de atividades, belíssimas praias, muitos eventos e outros tantos festivais.

Neste cenário de inúmeras atrações, a produtora T1000, também envolvida no bem sucedido Festival SW4 em Londres, debutou (em 23 de janeiro), com o Festival Electric Gardens com massivo line-up e excelente organização.

A cada nome revelado no line-up aumentava a certeza de que este seria um festival memorável.

Fatboy Slim, Erick Morillo, Dubfire, John Digweed, James Zabiella, Norman Jay – esses são os “godfathers” da música eletrônica – artistas que há décadas movimentam multidões em todos os seis continentes.

A previsão era de chuva, mas o sol se firmou a partir das duas da tarde, horário perfeito para chegar no belíssimo Centennial Park ao som do melhor da Techno MusicNorman Jay tocando no palco principal aquecia os participantes. No mesmo horário Hernan Cattaneo fazia um som incrível na tenda Digital Therapy em um back-to-back com Nick Warren.

As seis da tarde era difícil escolher qual era a melhor atração e optamos por Erick Morillo no palco principal, que claramente estava extasiado com a incrível vibe.

Garden, Palco Principal com o mestre Erick Morillo

Garden, Palco Principal com o mestre Erick Morillo

O melhor ainda estava por vir, e a mais aguardada atraçã, o inglês Fatboy Slim não decepcionou.

Ele estava inspirado e fez  mixagens incríveis.

O show também  surpreendeu com alucinantes efeitos psicodélicos, raio laser e luz impecáveis e projeções divertidíssimas.

Filas pequenas para bar e banheiros, preços razoáveis, bebidas de qualidade, food trucks inspirados, doses extras de adrenalina em brinquedos dos melhores parques do mundo, além de um público maduro e sem frescura.

GARDENS_05_cattaneo

Este foi com certeza o melhor festival de música eletrônica nos meus três anos de vivência na Austrália.

Eles acertaram não só pelo indiscutível line-up, como também na localização central e conveniente com transporte público gratuito aos participantes, mas principalmente pela forma colaborativa em que atuaram e pela generosidade em ceder espaços – como a Área Vip “Hangout” e a tenda Digital Therapy – a outros organizadores e também divulgando outras festas de música eletrônica que estão por vir.

GARDENS_04_digwed_warren_cattaneo

Gardens com DJs

GARDENS_06_normanjay_dubfire_warren

Norman Jay, Dubfire e Warren

A consciência colaborativa na música eletrônica surpreendeu e com certeza teve uma resposta positiva do público.

Site oficial:

www.electricgardens.com.au/

by Carol Diniz de Sydney na Australia

 

 

 

Print Friendly, PDF & Email

Comente